oie_transparent (10)

Fique à vontade, sinta-se em casa com a 

Rádio Web Feito Em Casa

A rádio com a programação mais diversificada da web!

oie_transparent (10)
Se o que você está fazendo não está trazendo resultado, mude o o jeito de fazer ou faça outra coisa

Quando a gente faz o que sempre fez, teremos sempre o que sempre tivemos. Para alcançar algo novo, temos que fazer algo novo. Repetir as mesmas atitudes de sempre nos levará aos mesmos resultados. A mudança vem quando alteramos nossas atitudes.

 

É certo que não temos controle sobre o mundo, mas temos controle sobre como reagimos a esse mundo e se sempre reagimos da mesma forma, o resultado sempre o mesmo.

 

Se você distribui currículos constantemente e nunca consegue uma colocação, deveria voltar os olhos para si mesmo e repensar, replanejar como alcançar o que pretende ou colocar em prática um plano B e buscar outra coisa. Sim, o mercado é difícil, mas tem gente que consegue, porque você não está conseguindo? Mude o foco ou replaneje o processo. O que não dá é pra ficar eternamente no fracasso culpando as condições desfavoráveis do país.

 

Está estudando para concurso e não passa. Vai ficar nessa até quando? É preciso estabelecer um prazo, que não é aleatório e sim baseado em experiências de outras pessoas e rever o plano quando esse prazo for ultrapassado. Se o resultado não muda, mude o processo ou mude o objetivo.

 

Quem já não ouviu falar que pessoas flexíveis vão mais longe? Essa é a questão, não engessar seus objetivos, ter flexibilidade. E se não der certo novamente, fazer outra mudança. E outra e outra.

 

Quando falamos sobre modelagem, falamos do processo criativo de Walt Disney e suas 3 salas: do sonhador, do executor e do crítico. A gente define o objetivo, planeja seu alcance e avalia se deu certo. Se não deu, volta pra sala do sonhador para redefinir o objetivo ou para a sala do executor, para entender o que deu errado no planejamento. E quando tudo der certo, volta pra sala do sonhador, definir novos objetivos e ir mais longe.

 

É isso que nos impulsiona, a flexibilidade, a capacidade de mudar nosso comportamento para conseguir o resultado que queremos. A flexibilidade é a essência do sucesso. È insano, é loucura, fazer sempre as mesmas coisas e esperar resultados diferentes.

 

A pessoa vive reclamando que o salário está ruim, que não dá para as contas do mês e não faz nada pra mudar isso. Não estuda, não se qualifica para um trabalho melhor remunerado, não abre mão das horas de cerveja pra ter uma segunda ocupação. Mas não para de reclamar. As pessoas ficam presas em velhos hábitos, em sua zona de conforto e não percebem o quanto isso as limita.

 

O marido bebe demais, o filho não tem responsabilidade, a família a sobrecarrega e ela está sempre esperando que eles mudem. Se ela não se importa, se não a incomoda, tudo bem. Mas incomoda e o clima dentro de casa é pesado, porque ela vive reclamando deles e eles reclamando dela. E ninguém faz nada para mudar isso, todos esperando que aconteça um milagre e ele pare de beber, o filho tome rumo na vida e ela pare de reclamar. Isso não vai acontecer! Alguém tem que mudar: ou ela aceita de bom grado ou pule fora dessa situação. Ficar num ambiente onde você não é feliz é a maior crueldade que pode fazer a si mesma.

 

Passamos a vida esperando que o outro mude, que o mundo mude. Isso não faz sentido! Precisamos voltar sempre os olhos para nós mesmos e nos perguntarmos o que temos que fazer para mudar aquela situação que está nos incomodando.

 

Ao voltar os olhos para nós mesmos e entender que a mudança depende de nós, conseguimos enxergar um plano de ação e focar no que é necessário para alcançarmos esse novo objetivo. Vá vencendo uma barreira de cada vez. Tudo pode ser superado: o comodismo, o medo, a insegurança, os erros. Haverá erro e ele será um aprendizado para o próximo passo. Tudo na vida é assim.

 

Mude suas atitudes, tenha novos resultados. Nunca é tarde para mudar o rumo das coisas, nunca.

 

Amyr Klink, o navegador, diz que um dia é preciso parar de sonhar e, de algum modo, partir.

 

O que será da sua vida daqui alguns anos, se você continuar fazendo o que faz hoje? Esse é o futuro que você deseja? Igualzinho ao seu presente?

 

Todos querem mudar de vida, mas são raros aqueles que estão dispostos a muda sua rotina. Rotina traz segurança. E acomodação!

 

********************************************************

Gostou do texto? Deixe seu comentário, é importante para a autora.

 

Adriana Fernandes é autora do texto e apresentadora do Programa NOTICIANDO, que vai ao ar toda sexta-feira, com notícias comentadas, sem reservas, e dicas de Programação Neurolinguística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Math Captcha
16 + = 25