oie_transparent (10)

Fique à vontade, sinta-se em casa com a 

Rádio Web Feito Em Casa

A rádio com a programação mais diversificada da web!

oie_transparent (10)
Previsões da PNL para você

O Ano Novo chega e todo mundo quer saber o que vai acontecer, como se fosse mágica: mudou o ano, tudo muda automaticamente. Mágica ou não, eu tenho o poder prever alguns aspectos de sua vida em 2021. Quer saber? Vem comigo!

 

- Para quem quer se livrar de um vício

 

Não importa qual seja o vício: cigarro, álcool, drogas, jogos, celular, compulsão alimentar, estamos falando de qualquer hábito ou substância que esteja consumido tempo e dinheiro da sua vida em troca de nada ou de uma qualidade de vida muito ruim. Se você quer se livrar do vício, você vai conseguir!

 

O caminho é um só, materializar esse querer transformando sua vontade em ação e investindo tempo e dinheiro nisso. Sim, nada na vida é de graça e se você ainda não percebeu isso, só lamento. Ainda que você não invista dinheiro propriamente dito, vai ter que fazer isso de outra forma, mas tem preço, tem valor financeiro. E não reclame! Seu vício não é barato, basta fazer as contas. Se você achar caro se livrar de algo que te faz tão mal e que também repercute em seu bolso, antes de dar fim ao vício, precisamos trabalhar sua cara de pau. Porque não dá pra tratar nada com gente sem vergonha e tapada.

 

Esclarecidos tais pontos importantes, vamos retomar a questão. Você precisa materializar o seu querer em ação. Se não fizer isso, você nunca quis de verdade. E quais são essas ações?

1) Escreva em um local bem visível “eu chegarei na data x sem usar...”

2) Procure um terapeuta e discuta com ele a necessidade de consultar um psiquiatra.

3) Não use o SUS, porque pode haver dificuldades de agendamento, comprometendo tratamento.

4) Faça tudo que o terapeuta indicar e tome os remédios exatamente como o psiquiatra determinar.

5) Informe a amigos e familiares que você está na luta contra vício e que você conta com o apoio deles no sentido de não tirarem você desse foco.

6) Todos os dias, ao deitar-se e ao acordar, agradeça a si mesmo por ser tão forte e persistente.

 

Se você quer, você vai materializar seu querer e vai conseguir.

  

- Para quem tem desacertos no relacionamento amoroso

 

Se você vive um relacionamento cheio de desacertos, lamento informar, mas será sempre assim, ainda que você troque de parceiro ou parceira. Sabe porquê? Porque se não é você quem causa, é quem permite.

 

No primeiro caso, se é você quem causa os conflitos, você precisa de uma terapia drástica associado a um exercício cotidiano de fortalecimento de autoestima, confiança e aceitação, para o resto da vida. Será que você é gente suficiente para tamanha persistência? Porque você é muito forte no que se refere a agredir verbalmente e sabotar o outro, mas quando diz respeito a refletir sobre suas atitudes, você é péssimo!

 

Já se você é quem permite, se você se omite, se retrai, se não sabe colocar o outro no lugar dele e dar um basta, seu caso é pior. É que o agressor, o que gera o conflito, ele tem atitude e só precisa direcionar suas ações para outras formas de se comunicar. No seu caso, você que é omisso, você não tem atitude e, aí, antes de aprender a se comunicar de maneira assertiva e se posicionar na vida, você terá que aprender o que é ter atitude e manter isso para o resto da vida. Será que você consegue? Você é tão propenso a desistir das coisas...

 

Bom, essa é a minha previsão para você que tem desacertos no relacionamento: isso vai continuar e vai piorar.

 

Mas, os astros me informam aqui que isso pode mudar caso você queira. É que sua conduta, tanto de gerar conflito quanto de não ter atitude, é como um vício. Você está viciado em ser assim.

 

Se quiser mesmo ser o tipo de gente que institui e mantém acertos e não desacertos em seus relacionamentos, leia e aplique o que dissemos sobre vícios, sobre materializar seu querer.

 

Caso não tenha prestado atenção, em 2 ou 3 dias, esse texto estará disponível no blog do site da rádio www.radiowebfeitoemcasa.com.br.

  

- Para quem está enfrentando problemas de saúde recorrentes

 

Neste quesito minhas cartas dizem que você não terá sucesso. A tendência é que sua saúde continue fragilizada. Porém, acabo de tirar uma carta que anuncia a possibilidade de conseguir uma vida mais saudável lá para 2022, se você seguir o que os orixás da Programação Neurolinguística propõem para você. É o seguinte.

 

Atenção: tudo que for dito aqui não dispensa a procura e manutenção de tratamento médico.

 

Saúde é algo com o qual não devemos brincar e se você está com problema nessa área, você sabe bem o quanto isso é complicado. E quando o adoecimento é recorrente, mais complicado, infinitamente mais complicado.

 

É que adoecimento físico recorrente tem muita relação com adoecimento emocional e aí o caminho da cura é mais longo, mais difícil. Porém, nada que não valha a pena. Ao contrário, sempre vale muito a pena.

 

A primeira coisa a refletir a partir do momento que você percebe que tem adoecido com mais frequência que os demais mortais é “estou carente?”. Sim, não é raro tais situações indicarem necessidade de atenção. Não falo de uma simples necessidade de colo e sim de casos de rejeição, de humilhação, de ser comparado a outras pessoas, de falta de incentivos em projetos, tanto na infância quanto na vida adulta e que acabam levando seu inconsciente a descobrir que quando você adoece você recebe atenção, carinho e cuidados. Com o passar do tempo isso vira um monstro na sua vida.

 

Concluindo que não, você não está mendigando atenção, reflita se porventura não está guardando alguma mágoa, rancor ou frustração. Esses, entre outros, são sentimentos que nos corroem, literalmente. A vida de quem é dominado por essas emoções não flui e a pessoa adoece, vive doente, porque a vida trava.

 

Não, Adriana, não sou carente, não guardo mágoa nem rancor nem estou frustrado. E insatisfeito? Acaso você está entristecido ou insatisfeito por desesperança, por não ver uma luz no fim do túnel? Reflita se está vivendo um momento em que não consegue encontrar saída para algo que o incomoda. Você sonha, planeja, executa e nunca alcança o objetivo ou sempre é preterido por algo ou alguém ou ainda sequer consegue executar o que planeja e isso vai te cansando. Você começa a desistir, vai perdendo as forças e a crença de que as coisas podem dar certo, perde a esperança e passa a viver na base do tanto faz como tanto fez. A vida perde o sentido e aí a gente adoece, afinal, viver pra quê?

 

Não é só isso. Independentemente de como está sua saúde mental, reflita sobre como está sua alimentação? Não falo dessa neura de alimentação fit e bla bla bla, falo do minimamente saudável. Nossa alimentação tem que ser variada, ou seja, tem que incluir frutas, legumes e verduras, todo dia. O resto é com você e sua consciência e gosto pessoal, mas frutas, legumes e verduras é obrigatório consumir diariamente. Alimentação tem a ver com imunidade e quando nos alimentamos mal, infecções, por exemplo, podem ser recorrentes.

 

E água! Beba água.

 

Enfim, sempre que sua saúde física tiver comprometida, analise sua saúde mental e seus hábitos alimentares. Sempre!

 

Também aqui as cartas estão mostrando que basta você querer mudar. Sim, basta querer e se você quer, volte lá onde falei sobre vícios, sobre materializar seu querer e você encontrará o caminho a seguir. Quando você conseguir largar o vício dos maus hábitos e do negativismo emocional, sua saúde fluirá sem transtornos.

 

Como já mencionei, caso não tenha prestado atenção no que falei, em 2 ou 3 dias, esse texto estará disponível no blog do site da rádio www.radiowebfeitoemcasa.com.br.

  

- Para quem vive em conflito familiar, especificamente pais e filhos

 

Nesta questão, minhas previsões são confusas e a tendência é este conflito não ter fim. Sinto muito!

 

É que não se trata de um relacionamento onde você pode fortalecer sua autoestima e botar o outro pra correr, caso ele não mude. Filho é filho, pais são pais, é uma relação para sempre, é um elo que nunca se desfaz, não importa que estejam próximos ou distantes.

 

Por mais que se decida distanciar dos pais ou de um filho, haverá sempre uma questão a ser resolvida. Então, não importa que você consiga solucionar suas questões que levavam ao conflito com o outro, se ele não fizer o mesmo. E como obrigar os pais ou um filho a mudar? Ou como decidir se distanciar sem deixar questões mal resolvidas entre vocês?

 

Fiz essa pergunta ao baralho cigano da PNL e obtive diversas respostas.

 

A primeira diz respeito aos casos em que os filhos ainda não nasceram. As cartas apontam que você precisa refletir se é gente suficiente para criar filhos, tanto em termos de condição financeira e de disponibilidade de tempo quanto de saúde emocional e disposição física, ou se vai deixar na base do “Deus cria”. Porque se for o segundo caso, o baralho diz pra você nunca deixar de usar contraceptivos, pelo bem da humanidade.

 

A segunda resposta que obtive nas cartas, nem precisava vir, porque eu já sabia: o conflito entre pais e filhos é sempre culpa dos pais. São eles a árvore ruim e pé de goiaba não dá laranja. Sendo assim, toda a responsabilidade de solucionar esses conflitos é deles, enquanto os filhos são crianças e adolescentes. Mas para tanto precisam se curar primeiro, precisam tratar a si mesmos e só então partirem para o tratamento e cura dos filhos e da relação com eles.

 

A terceira resposta é óbvia, mas a gente não vê. Diz respeito aos filhos adultos. Nesse caso, as cartas apontam que a responsabilidade de buscar solução dos conflitos também é deles tanto quanto dos pais. Ambos devem desenvolver o autoconhecimento para aprender a lidar com aquilo que gera tanto conflito com o outro.

 

E aqui os oráculos são repetitivos: depende da materialização do querer:

1) Procurar um terapeuta e discutir a necessidade de apoio psiquiátrico.

2) Evitar o SUS, pois é comum a grande dificuldade em obter agendamento de consultas mais especializadas, como é o caso da Psiquiatria, comprometendo o tratamento.

3) Fazer tudo que o terapeuta indicar e tomar os remédios exatamente como o psiquiatra determinar.

4) Informar à pessoa com quem você está em conflito, caso ela seja capaz de compreende-lo, que está disposto a pôr um fim nisso e pedir que ele pense em fazer a mesma coisa.

5) Todos os dias, ao deitar-se e ao acordar, pensar em uma qualidade da pessoa com quem você deseja eliminar os conflitos.

 

A questão é que mesmo você materializando seu querer em harmonizar sua relação com seus filhos ou seus pais, você não vai conseguir isso em 2021. É que o caminho é longo. Os búzios estão dizendo que se você começar agora a fazer o que é necessário, colherá os frutos a partir de 2022.

 

Bom, antes tarde que nunca, não é mesmo?!

  

- Para quem quer saber se vai conseguir alavancar a carreira

 

Claro que vai! O simples fato de ter essa dúvida significa que você está agindo para que isso aconteça!

 

O quê? Não está? Ainda está pensando se vale a pena?

 

Bom, nesse caso, os búzios estão dizendo que não, nem em 2021, nem nos anos seguintes sua carreira vai evoluir, se você não parar de pensar e começar a agir!

  

- Para quem tem conflitos consigo mesmo

 

Olha, estou antevendo que seu 2021 não vai ser fácil, não. Não tem condições de uma pessoa ser feliz quando, além de todos os revezes da vida, ela ainda consegue ser seu pior inimigo.

 

A pessoa não gosta do corpo que tem, não gosta do trabalho que faz, não gosta do curso que escolheu, não gosta da vida que leva, não gosta do lugar onde mora e precisa de vidente para saber que seu futuro vai ser a mesma merda de seu presente?

 

Sim, porque quem vive em qualquer uma dessas situações está cego, surdo e mudo pra vida, está se sabotando, se destruindo. Nessas condições, tem que dar graças à Deus se o futuro for tão ruim quanto o presente, porque a tendência é ser muito pior, me dizem as cartas.

 

Só um momento, me deixe consultar aqui, a borra do café.

 

Ahhhhh, a borra do café me diz que tem conserto, viu, mizinfí, mas só se você procurar um terreiro, chamado consultório. Nesse terreiro, o pai ou mãe de santo que vier te atender chama-se terapeuta e vai te passar o trabalho que você precisa oferecer pro orixá, seu inconsciente, para ele abrir seus caminhos.

 

Mas, ó, a borra tá mostrando aqui que você só deve procurar esse tal de consultório terapêutico se o chamado para o autoconhecimento vier do fundo de sua alma, caso contrário, pode ficar onde você está, ruminando infelicidade, pois milagre é cada um que faz consigo mesmo. Nenhuma mudança vem de fora pra dentro.

  

Essas foram as previsões da hipnoterapeuta praticante de Programação Neurolinguística, mãe Adriana, para você em 2021.

 

***********************************

Brincadeiras à parte, espero que você tenha compreendido o jogo: querer, desejar, ter vontade não faz nada acontecer, a materialização dessa vontade, sim, é o ponto chave para a mudança, para alcançar o objetivo pretendido.

 

Materialize seu querer, aja, faça acontecer, planeje, execute, teste, aprimore. Saia de sua zona de conforto. Seja o protagonista da sua vida e não aceite nada menos que o melhor, em qualquer aspecto, seja no trabalho, nas relações amorosas e familiares, na saúde e até consigo mesmo.

 

Seja a pessoa mais importante para você! Feliz 2021!

  

********************************************************

Gostou do texto? Deixe seu comentário, é importante para a autora.

 

Adriana Fernandes é autora do texto e apresentadora do Programa NOTICIANDO, que vai ao ar toda sexta-feira, com notícias comentadas, sem reservas, e dicas de Programação Neurolinguística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Math Captcha
− 6 = 1